Arquivos

Amor animal

Olá pessoal!

Hoje vou falar com vocês sobre o meu amor pelos bichos. Seres que na minha opinião, possuem a essência do amor de Deus por nós, e que só por este motivo não sabem falar. Quem nunca olhou nos olhos de um cachorro e pode não só ver, mais sentir o mais sincero dos sentimentos?

seu olhar

Bom, eu já pude ver algumas vezes, principalmente o de gratidão, pois jamais conseguirei ficar indiferente ao ver um filhote machucado, tentando se deliciar com um guardanapo de papel usado na rua (Neguinha), ou outro com um profundo corte em seu pescoço, desfalecer aos meus pés de tão desnutrido que estava (Jubileu)… Tenho mais alguns casos pra contar, mas o que eu fiz nestes 2? Levei para minha pequena casa, cuidei e doei, pois infelizmente ainda moro em casa alugada e não tenho quintal. Levaria todos os que visse, mas hoje, este é o meu maior impedimento “a casa”.

Meu maior sonho, é um dia ter um lindo sitio, e poder dar um lar e carinho a todos os bichinhos abandonados que encontrar.

Vira lata

Mesmo morando em casa pequena, sempre tive 2 cachorros de porte pequeno à médio. A cerca de 2 anos tinha a Mila (retirada de um abrigo, com infecção nas 2 orelhas, surda tadinha, sem pelos e muito assustada) descobrimos depois de um longo tratamento que era uma poodle branca e o Tobi  (abandonado em um quintal, filhote) pooble preto, o cachorro mais inteligente e carinhoso que já tive. Infelizmente eles morreram de velhinhos, a Mila já era idosa, mas ela ficou conosco por 6 lindos anos, era um amor! O Tobi ficou conosco mais de 11 anos e continua a fazer muita falta.

Não morra nunca

Hoje tenho a Nani, que ganhei de um vizinho que ficou com dó de mim após a perda da minha gatinha Nina (também resgatada com fêmur quebrado), e o Pepito, que ainda chamo de Tobi às vezes. Destrói tudo que vê pela frente, mas é simplesmente lindo. Minha mãe junto com minha tia, o resgatou do fundo de um quintal com os irmãozinhos, fiquei com ele e os outros conseguimos doar. São minhas alegrias! Vai lá no meu Instagram, dá uma olhada nas fotos 😉

Gente, este post ficaria imenso se fosse contar todas as minhas histórias, mas tudo isso é apenas para pedir encarecidamente que: reflita muito antes de ter um bichinho!

Infelizmente, mesmo com a evolução das leis a favor dos animais, ainda temos um número gigante de abandonos em
nosso país, em especial de animais domésticos, e o que isso gera? Superpopulação das ruas com gatos e cachorros doentes.

Vou ficar com vcAntes de dar aquele cachorrinho lindo de presente para seu filho(a), que você pagará R$2.000,00 ou mais, lembre-se que:

– A origem do criador é muito importante, para evitar a exploração das fêmeas;

– Existem muito cachorros e gatos castrados e vermifugados para adoção responsável;

– Seu filho é uma criança/adolescente, 90% do tempo é você quem cuidará do animal;

– Ele tem vida: faz cocô, xixi, precisa comer, passear, tomar vacinas e banhos regulares. Isto demanda tempo e o mínimo de recurso financeiro;

E o principal: ele ficará no mínimo 10 anos em sua casa. Isso para gatos e cachorros. Tenha noção, que você será responsável por esta vida neste período.

Importante: Castre! Não dê hormônios injetáveis, eles favorecem o aparecimento de nódulos e tumores. A castração também traz outros benefícios alem do controle da natalidade:

beneficios da castração

Se puder, ajude uma ONG, com um simples saco de ração, mas antes pesquise, pois até nisso existem pessoas tirando proveito. Dê água a um animal de rua. Você vive sem comer, mas vive sem beber água?

Deixo os links de instituições sérias, que confio e quando posso ajudo:

Instituto Luisa Mell

Wilson Protetor – RJ

Ajuda Animal – Oscip

Brigo por qualquer animal, a ponto de arrancar chicote da mão de carroceiro e sei que o ser “humano”, ainda precisa aprender a respeitar ele próprio, para desta forma respeitar mais os animais.

Eu estou fazendo a minha parte, e você? Conto com sua ajuda!

Você tem um bichinho? Deixe aqui nos comentários, vou adorar saber!

Um super beijo,

Raquel

Anúncios