Cuidando dos lábios

Olá pessoal!

Em qualquer estação do ano, o cuidado com os lábios é indispensável, e isto serve para os meninos também. Lábios macios, hidratados e protegidos, quem não quer um beijinho destes?

Cada um usa o que tem por perto quando sente aquele lábio ressecado, descamando… Existem pessoas que também não se importam muito, no inverno, é só parar para observar ao redor e vejo tantos lábios lindos e carnudos ressecados a ponto de sangrar, característica de muita sensibilidade. Isso é ruim, bactérias adoram este tipo de ambiente e uma infecção pode ser o resultado, sem contar a conhecida herpes labial.

Labio ressecado

Tenho lábios finos e boca pequena, redobro o cuidado com sol e clima seco, pois qualquer machucado vira um problemão (não se vê nem a boca, só o hematoma).

Como sabemos, todo cuidado com nosso corpo começa de dentro pra fora, com os lábios não é diferente. Ingerir muita água é fundamental para hidratação geral do corpo (aqueles sagrados 2 litros diários), mas os produtos desenvolvidos para esta finalidade ajudam e muito. Saber como cada um funciona e qual a diferença entre eles colabora para cada necessidade.

Vamos conhecer um pouco…

Protetor labial: algumas pessoas acham que também hidrata, porém, como o próprio nome diz ele é – protetor. Indicado para longo período de exposição ao sol, com reaplicação a cada 1 hora;

Protetor labial

Protetor labial e hidratante: este sim, tem os 2 fatores! É muito importante verificar esta informação na embalagem no momento da compra. Assim como o primeiro, deve ser reaplicado a cada 1 hora;

Hidratantes com protetor

Balm: estão super em alta! E que produto pra deixar os lábios M A R A V I L H O S O S! Em sua maioria, tem fator extra emoliente e tem na composição, ingredientes naturais. Muitos têm fator de proteção UVA/UVB como o meu favorito do momento e das famosas também o EOS. Acho fofa a embalagem.

EOSEOS balm

Esfoliante labial: deve ser usado para retirar as células mortas de 1 a 2 vezes por semana, de acordo com a necessidade, sempre acompanhado da hidratação.

Lip Mask

No Brasil, não conheço muitos esfoliantes específicos para os lábios, mas a Mary Kay (não é jabá) arrasou no Kit Lábios de Seda Satin Lips®!

Ele é composto pela máscara e bálsamo para os lábios Santin Lips. O kit oferece uma esfoliação gentil/eficiente e hidratação por até 6 horas. E não tem cheiro, sabor, estas coisinhas que eu não gosto muito (sou enjoadinha). Tem como um de seus principais ingredientes o chá verde. Resumidamente: amo!

Kit Lábios de Seda

*Lip mask: “esfolia as células mortas da superfície dos lábios que causam aparência opaca e sem vida.”

*Lip balm/Bálsamo: “uma única aplicação do balm hidrata por até 6 horas.”

Ahhhh, a Raquel é rica! Nem usa mais aquela manteiga de cacau de R$ 2 da farmácia! (pensou sim que eu sei!) Uso sim meu bem! Mas uma dica: manteiga de cacau é uma gordura, e gordura faz o quê? Engorda 😀 (lembrei de uma amiga). Não meus amores, em contato com o calor a gordura queima a pele, o uso da manteiga de cacau é mais indicado à noite. Eu deixo do no criado mudo e vou alternado: balm, manteiga, balm, manteiga. Sempre antes de dormir no ritual do creme (tem noites que acho que vou escorregar da cama de tantos que passo).

Manteiga de cacau

Cuidamos da nossa, pele, cabelo, unhas… que tal dar uma caprichada nos lábios hem 😉

Um Super beijo,

Raquel

*Principais informações do produto cedidas pela Executiva de Negócios Ind. Mary Kay – Daniele Rosa. Se você tem interesse em conhecer o produto, e não tem uma consultora exclusiva http://www.marykay.com.br/danielerosa envio para todo território nacional.

 

Anúncios

Comprei um apartamento! E agora?

Olá pessoal!

Neste post, quero compartilhar com vocês minha experiência e dar algumas dicas sobre compra de imóvel na planta.

Quem me acompanha por aqui, sabe que a pouco mais de um ano, comprei um empreendimento. Um apartamento de gigantes 44m2 (para quem já morou em um cômodo com banheiro coletivo, não tem noção do quanto 44 metros são gigantes).

FachadaMinha planta

Uma das primeiras perguntas que devem surgir, que você tem que fazer a si mesmo logo no início deste projeto é: Por que devo sair do aluguel / casa dos pais / favor na casa da sogra?

No meu caso, foi sair do aluguel. Esta decisão veio por ter passado por situações que me incomodaram muito, como:

– Receber uma carta com o conteúdo: preciso do imóvel, pois minha família aumentou;

– Sua casa será interditada (o imóvel estava todo maquiado, com defeitos cobertos, e na primeira chuva que deu, houve risco de desabamento) tive de sair correndo com minha mãe, um casal de periquitos e 2 cachorros sem rumo;

– Não queremos cachorros;

– Mais de duas famílias morando na mesma área comum, porque não dava para pagar mais em algo individual;

– Ter pago, em 12 anos, mais de  R$ 300 mil reais em aluguel e não ter um patrimônio.

Depois de avaliar muito cada ponto acima, construí este sonho, mas em uma cidade como São Paulo com um custo de vida tão alto, a impossibilidade sempre falou muito mais forte. Me frustrei e desisti por um tempo, mas posso garantir uma coisa: com planejamento, esperança e sendo vontade de Deus, as coisas acontecem!

Moro com a minha mãe hoje em uma casa de aluguel, fico pensando nela velhinha aí,  do nada, chega o dono e diz: Quero a casa! Ela não poderá mais me ajudar como das outras vezes e tudo que quero, é dar uma velhice tranquila a ela.

A sociedade ainda teima em nos impor algumas coisas como: Só casa, quando tiver casa! A saída para alguns casais é o aluguel. Algumas pessoas simplesmente não podem ter, ou não é o momento, ou apenas é o melhor agora. Você não deve adiar sua felicidade por uma imposição.

Compar-ou-alugar-2

Durante esta busca, já havia estabelecido o que me atenderia quanto a planta e quanto a infraestrutura da região. Estabelecer o que você quer é muito importante, pois você irá pagar este imóvel por muitos anos, a não ser que tenha todo dinheiro para pagar a vista. Mas da mesma forma, é importante que esteja feliz com o que adquiriu, anulando a possibilidade de arrependimento. Não vai dar para levar a vida de cigano da época do aluguel.

Passei por muitos perrengues e talvez ainda passe. Tenho 20% para conclusão da obra. Se você tem aquele advogado amigo, segure na mão dele e vá! Você pode fazer tudo sozinho como eu, mas se tivesse mais recursos, não teria passado por algumas situações com uma simples orientação jurídica. Lembre-se: você esta comprando uma casa e não um batom.

Sonho da casa propria

Existem algumas informações que o corretor simplesmente não te passa, para não perder a venda. Um mínimo valor fora do orçamento pode bloquear o fechamento do negócio. Mas informações básicas como: valor médio do condomínio e o que estará incluso (água, gás, IPTU…) é importante lembrar disso. Seja casa ou apartamento, foi condomínio, tem! Mas no meu caso, foi a Taxa de Evolução de Obras. Quem disse que o danado me avisou! Se eu soubesse de tudo, realmente, não teria fechado negócio.

Fique atento! Esta taxa começa a ser cobrada no mês seguinte a assinatura do seu financiamento/contrato com o banco, tem ajuste mensal sobre o saldo devedor do contrato durante o período de obras e foi ela, junto com o ITBI e o Registro do Imóvel que estouraram meu orçamento.

*ITBI – Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (recolhido pela prefeitura onde o imóvel estará localizado).

*Registro do Imóvel – Documento registrado em cartório após a formalização do contrato de compra e venda. Pelo imóvel ser financiado, só após a sua quitação, pode ser emitida a escritura definitiva.

Os valores irão variar de acordo com o valor do imóvel e região (prefeitura responsável).

A construtora pode te oferecer uma assessoria para os tramites entre cartório e banco. No meu caso, já veio no contrato e foi cobrado um valor de R$700,00. Poxa, que legal! Vou ter todo suporte com o cartório e com o banco (só que não!). A Choice Assessoria, empresa contratada, não me passava informações em tempo hábil, era tudo em cima da hora, tive de descobrir muita coisa sozinha e com o PROCON. Não tive nem como cancelar porque estava em contrato. Teria de travar uma briga grande, então, apertei o Off (para não dizer outra coisa) e deixei acontecer.

O dia da assinatura do contrato com o banco deveria ter sido o dia mais feliz, porém, tive que ir com o máximo de informações possível para não tirarem vantagem sobre meu estado de felicidade. Você leu certo! Tirar mais vantagens. Neste dia, se assina tanto papel que não existe ser humano que em sã consciência e sem a ajuda de um advogado que consiga ler e entender tudo, mas a dica chave é:

– Você não é obrigado a adquirir nenhum produto do banco na assinatura do contrato. No máximo a conta habitacional ou corrente de onde serão debitadas as parcelas.

O gerente queria que eu pagasse por: seguro pessoal, de obra, adquirisse cartões… A obra em si já esta segurada pela Caixa Econômica Federal, no meu caso. Sendo outro banco, também estará. Foi ai que começou a minha canseira, e o que era pra ter levado umas 2 horas, levou o dia todo. Vi muitas pessoas pagarem e saírem felizes da vida, mas eu não podia me dar este luxo, perder dinheiro a toa, não entra nos planos.

E mais: não pague nenhum valor à construtora antes de ter a aprovação do seu crédito pelo banco. Conheço casos de pessoas que tiveram muito trabalho para reverter uma situação, pois pagaram entrada e parcelas e tiveram o crédito negado após análise.

Saber qual será o seu tipo de financiamento é fundamental, conhecer como e quanto será pago por mês. Os bancos usam em sua maioria as tabelas Price ou SAC para os financiamentos. O próprio sistema pode definir de acordo com seu perfil de cliente e renda (pelo menos foi esta a resposta que tive do banco quando questionei). No quadro abaixo uma breve explicação sobre os dois tipos:

Comparativo Tabela SAC vs Tabela PRICE

Lembre-se que seu imóvel foi adquirido na planta e não virá com acabamento: piso, revestimentos, luminária, pedras… Acabamento no geral. Estes custos você terá de desembolsar para fazer.

A construtora irá te oferecer opções de kit acabamento, mas posso te garantir que você irá economizar se fechar por conta própria. Gente, o negócio é super faturado, mas o que neste país não é?

Só para vocês terem uma ideia, no mesmo piso oferecido em um dos pacotes pela construtora (laminado) de marca inferior, economizei R$ 5 mil reais. Comprei um melhor e mais barato.

Minhas principais dificuldades e dúvidas, que foram esclarecidas a duras penas. E teria graça se fosse fácil? Se abordasse tudo aqui, a história toda renderia um livro 😀

Não abandone seus sonhos diante das dificuldades, vamos combinar que, no fim, dá tudo certo.

“Acho que a felicidade é uma espécie de susto; Quando você vê, já aconteceu. Ela é justamente uma construção pequena de todos os dias.”

Padre Fábio de Melo

Um super beijo,

Raquel

 

 

 

 

DIY – Inventando com papel contact

Olá pessoal!

Quem me acompanha por aqui sabe que comprei minha casinha, e gente, como decorar é caro né! Ai você nasce pobre e com um mega bom gosto e modesta também rsrs. Mas ainda bem que Deus deu criatividade para nós, criaturinhas nem sempre merecedoras.

Comecei a olhar em volta dentro de casa e pensar: como posso melhorar o que tenho? É claro que a vontade é de contratar um arquiteto e levar só a roupa (trocar todos os looks também se desse) mas, como isso ainda não me pertence, fui pesquisar, e como tem coisas que já temos e que podemos aproveitar na decoração de uma casa. Escolhi algumas coisinhas e comecei.

Vi que dá pra fazer milagres com banquinhos e caixotes, e adivinha, eu tinha um banquinho “véio” que ficava com umas tranqueiras em cima e tinha tinta branca que sobrou da reforma que não termina nunca da casa do vizinho (sei da tinta devido a minha garagem de casa ter virado um depósito. Só Deus na causa!).

Pessoal os banquinhos são uma super opção para criado mudo, fica muito fofo:

Inspiração banquinho1

Inspiração banquinho

Para fazer o meu usei:

– Lixa fina para madeira (média de R$5);

– Tinta verniz branca (foi doada, mas uma lata pequena custa uma média de R$20);

– Pincel (média de R$12);

Papel contact com sua estampa preferida (neste paguei R$14 o m2 comprei 1 m2);

– Tesoura;

– Régua (para retirar as bolhinhas de ar que ficam no papel contact);

– Um pouco de coragem, paciência e boa vontade.

Todos os itens a cima, vocês encontram em lojas de materiais de construção, artesanato e papelaria.

Olhem só o antes e o depois:

Antes e durante

Meu banquinho pronto

Com o que sobrou do papel, resolvi encapar umas caixinhas que ficarão também como decoração no meu quarto, que será branco com detalhes florais e cinza.

Uma caixa de equipamento, destas bem duras e uma de clips que sempre vão pro lixo no escritório.

Caixas antes

Caixas prontas1

Coisinhas novas, sem gastar muito 😉

Nunca levei tão a sério que: nada se perde, tudo se transforma!

Espero que tenham gostado. Em breve mais inspirações para casa nova.

Um super beijo,

 

Raquel

 

Batons Wet’n Wild

Olá pessoal!

Chegando para falar um pouco dos batons Wet’n Wild, os famosos baratinhos importados. Ensaiei muitas vezes para comprar, mas confesso que mesmo com tantas resenhas positivas sobre o produto, sempre fiquei meio que em dúvida, e acabava desistindo.

Até que aquela amiga, querida viajou e perguntou: você quer eu leve alguma coisa pra você? Eu não sou das “pidonas”, mas quando vi esta mensagem não resisti. Entre outras coisinhas, pedi para que ela trouxesse algumas cores e ela me trouxe 4. Eu não podia abusar, afinal, o dólar já estava nas alturas.

DSC05896

Fiquei tão feliz quando ela me entregou, e ainda mais quando falou que era presente (quase arranquei a cabeça dela com um abraço!). Só quem ama maquiagem sabe a felicidade de ganhar presentes do tipo, ainda mais importado.

Todos os meus receios negativos sobre eles definitivamente acabaram, pigmentação, cores, fixação, em especial cheiro, que é algo que dou muita importância na maquiagem, pois com a rinite alérgica que tenho, quanto menos, melhor.

Estes são com acabamento acetinado, com uma leve cintilância o que está super em alta nesta estação calor.

Cor. 501CCor. 513CCor. 526CCor. 539A

E as cores… Cada uma mais linda que a outra e super em alta também. Um tom de pink, nude mais aberto, um coral e é claro o que não podia faltar um vermelho quente.

Swot

Aqui no Brasil eles custam uma média de R$24,90 a R$39,00 nos EUA e Canadá de $1,00 a $3,00 que injusto né!

Sugestão de presentinho legal naquela viagem que você não pode gastar muito 😉

Um super beijo,

Raquel

Preparação de pele – Verão

Olá Pessoal!

Chegou o verão, e o que fazer para manter uma maquiagem legal até o fim do dia? Bom, com uma pele generosamente oleosa como a minha, é praticamente impossível, mas hoje em dia, para tudo se há um jeito né!

Na última semana, me superei na preparação da minha pele. E quis contar como fiz para vocês e espero que gostem ;). A questão é: ela não é só super oleosa, tenho manchas de sol, poros aparentes, vasinhos e cicatrizes de acne (quase a fera). Pensei: em uma make básica para ocasião pois iria sair durante o dia, no calor que estava fazendo e no resultado trágico que poderia ter. Então resolvi que iria só tomar um bom banho e sair de cara lavada, ou melhor, com um batom e máscara para cílios, pois ninguém merece!

Mudei de ideia! Com o rosto limpo e hidratado (Sim! Pele oleosa precisa de hidratação) vi que estava com tempo sobrando e resolvi que ia “brincar de índio” e comecei a me pintar. Aplicar as técnicas que conheço.

A escolha dos produtos certos nesta hora, faz toda a diferença para o efeito natural e duração da maquiagem. Na minha opinião, uma pele bem feita é a base para toda make. Se você tem uma pele seca e gosta de um efeito mais viçoso, bases mais acetinadas trarão um ótimo resultado, eu prefiro o efeito mais opaco, mas sei que o brilho vai aparecer no decorrer do dia, e pele iluminada é uma tendência para este verão, tenho que dar os meus pulos.

Vamos ao processo:

Comecei molhando o rosto com água bem fria, o que ajuda a fechar os poros e na questão vasodilatadora do negócio todo, meus vasinhos são roxos :(.

Logo após, apliquei o primer com um pincel duofiber, o calor dos dedos não é bom nesta etapa para oleosidade, para quem tem pele oleosa o uso do pincel é indispensável.

Usei um corretivo mais sequinho de alta cobertura, base de efeito matte para pele oleosa, pó translucido (ajuda muito a segurar o brilho). Depois foi só fazer um acabamento bacana: contorno e iluminação.

Produtos a prova d’água são ótimos para esta finalização. A máscara que usei é apenas resistente, mas como eu não ia correr, dançar e estas coisinhas que nos fazem suar muito, não usei a prova d’água pela preguiça de retirar depois (sabia que ia chegar tarde e não durmo de maquiagem nem por decreto). Não usei nada na linha d’água inferior (a parte de baixo dos olhos) pois borra na certa neste calor, com o passar do tempo, não fica bom.

Dica: No verão, é legal evitar produtos cremosos, eles tendem a acumular nos olhos e linhas de expressão.

Produtinhos que usei:

Produtos usados1

 

– Primer facial HD Vult

– Base Timewise Mary Kay (matte para pele oleosa): cor beige 5

– Corretivo Mary Kay: cor yellow

– Pó translucido Mary Kay

– Pó compacto Vult: cor 06 (usei como contorno e sombra)

– Primer para olhos Make B – O Boticário

– Bronzer Ruby Kisses – All Over Glow: cor ligth glow

– Iluminador Toque de Natureza: cor peace

– Lápis para olhos Natura Aquarela (apenas na base dos cílios superiores)

– Quarteto para sobrancelhas Dailus

– Máscara para cílios Lancôme: Hypnose Drama

– Lápis para lábios Natura Uma: cor nude

– Batom Fenzza – não informam a cor na embalagem, mas é linda! Um marrom com fundo acinzentado que está super em alta.

Deu para perceber que meus produtos são bem diversificados com relação a marcas né pessoal. Quando quero algo mais específico, compro, mas sempre me arrisco nos baratinhos, sou mais exigente nos produtos para pele mesmo.

Fotinhos do resultado (do celular mesmo, câmera frontal e sem efeito):

pele dia veraopele dia verao1pele dia verao2

Espero que tenham gostado das dicas!

Um super beijo,

Raquel

 

Não sabe pedalar? Chama o Bike Anjo!

Olá Pessoal!

Você já esteve presente em um momento muito importante da vida de alguém? Eu estive! E olha que legal o relato da minha amiga e quanta informação bacana que eu não sabia.

Fico feliz em poder fazer parte desta história e mais ainda por compartilhar com vocês.

Cotidiano Paulista em Foco

Aluna conversando com o Bike AnjoEu fui criada dentro de um pensamento bem conservador. Minha mãe é nordestina, nascida numa cidade do interior da Paraíba, e lá no Nordeste, a criação na época da minha mãe era bem machista, católica, conservadora. Eu nasci em São Paulo, na região central, no bairro da Bela Vista, mas isso não me poupou da herança dos valores dos meus avós.

Minha mãe tinha, e ainda tem, na mente a tal divisão de gênero: coisas de menino e coisas de menina. Isso me fez perder vários momentos que para muitos eram, são e serão tão naturais de uma menina fazer como: andar de patins, jogar bola, correr com os meninos e andar de bicicleta! Minha história com o Bike Anjo começa aqui!

Como não aprendi a andar de bicicleta na infância, depois de adulta ficou mais difícil. Além da falta de tempo com os inúmeros compromissos que a vida adulta nos…

Ver o post original 851 mais palavras

Retrospectiva 2015

Olá Pessoal!

E lá se foi mais um ano!

Todos os anos quando chega esta época, assim como a turma da TV faço a minha retrospectiva pessoal, para avaliar os acontecimentos, ver onde errei, acertei, o que fiz de ruim ou errado, e o melhor, relembrar as conquistas.

O motivo para isto é apenas para tentar melhorar, para alinhar os sonhos e vencer os obstáculos que virão pela frente.

Superar desafios no caminho

2015 para mim foi um ano sofrido, de muita correria e jogo de cintura, mas de muitas conquistas também, podemos começar?

– Logo no comecinho do ano, em fevereiro, minha casa ganhou mais um integrante, o Pepito. Resgatado com 4 irmãozinhos pela minha tia e minha mãe que também abraçam a causa animal. Como havia perdido a alguns meses meu velhinho Tobi, que contei na retrospectiva 2014, ele chegou para ser a melhor companhia para Nani, que ficou muito triste sem o vô dela. Ele trouxe muita alegria para nós, e destruiu chinelos, rack da sala, sofá, a própria pasta de vacinas, plantas… Mas não temos como resistir aquela carinha linda e sapeca.

Meu filhote

Pepito

– Comecei, de verdade, a usar óculos. Fiz o ano passado, mas só usava quando queria, quem usava mesmo era a gaveta, mas acostumei e minhas dores de cabeça sumiram!

– Tentei ser consultora de beleza com uma marca de cosméticos, mas conciliar atendimentos a clientes, vendas, casa, namorado, cachorros, blog, escritório tava me deixando louca. Jornada dupla ainda vai, mas quádrupla foram só alguns meses. Ganhei uma ótima experiência!

– Depois disso, equilibrei as coisas e fiquei mais tranquila. Minha vida profissional ficou mais estável, mais foco e dedicação para o que quero de verdade.

– Fui à praia! Nas férias não deu pra ir muito longe, por um motivo que já conto pra vocês. O litoral norte de São Paulo já foi ótimo! Tirando é claro o fato de ser alérgica a borrachudo, quase ter ficado sem andar por causa de 4 picadas que tomei no tornozelo e ter voltado toda cheia de marcas pra casa. Não entendo pra quê pobre com alergia!

Muitas coisinhas bacanas e “meia-bocas” aconteceram em 2015, mas a maior de todas foi a conquista da minha casa própria. Para muitos pode ser banal, mas só quem paga aluguel sabe o tamanho desta conquista, e por este motivo a viagem de férias não foi mais top, economizar foi a palavra do ano e também será em 2016.

Em fevereiro, tive o pior e o melhor dia do ano, que foi a assinatura do contrato com o banco: o melhor dia devido o tamanho que a conquista representa para mim, e o pior, por estar sozinha (fisicamente pois sei que Deus estava comigo) e ter que enfrentar gerente e assessoria que só querem te fazer pagar por taxas e adesão de produtos os quais ninguém é obrigado a aderir por estar fechando um financiamento. Mas se tratando de bancos ligados ao governo como a Caixa Econômica Federal, dá para esperar algo de bom? Quero fazer um post alertando vocês sobre isso, e outras coisas que aprendi a duras penas durante todo o processo com construtora, assessoria, corretor e prefeitura.

FachadaMinha planta

Tive de abrir mão de muita coisa e fazer escolhas durante o ano, para que tudo corresse bem, principalmente no aspecto financeiro, pois com a minha nova casa, outras realizações vieram: o meu piso laminado com rodapés brancos, a minha cozinha planejada, meu quarto (nunca tive um só pra mim), minha árvore luminária… Saber que tudo esta tão próximo, pois comprei na planta, é muito especial, compartilhar isso com vocês é mais ainda!

 

luminaria-arvore-60-leds-branco-ilustrativa

A obra esta em fase final, vou contando por aqui se vocês quiserem.

Em 2015 fiz coisas certas e erradas, mas na balança, acertei mais, e isso é bom! Fiquei nervosa, senti medo, chorei de tristeza e de felicidade, tive dor de barriga, gripe, crise de labirintite, ri muito, falei menos, ouvi mais, caminhei, fiquei mais tempo por aqui e quero mais tempo, para vocês e para as pessoas que me cercam.

2016 será o ano das mudanças em minha vida, das realizações, mas sei que isso não quer dizer que não haverão problemas, mas estarei pronta para enfrentá-los.

E você? Está pronto para tudo de novo que te espera? Já fez sua retrospectiva?

Que 2015 tenha sido um ano de experiências maravilhosas e que 2016 chegue desafiador, para os que gostam de desafios e mágico para todos os sonhos que os sonhadores irão realizar.

Um super beijo,

Raquel