Arquivo de Tag | consciência

Medo

Olá pessoal!

Tenho uma resenha pronta pra compartilhar com vocês sobre protetor solar facial, mas as situações da vida tem me feito meditar muito nos últimos dias. E aqui podemos falar de qualquer coisa, não é?  Hoje vim pra falar com vocês sobre medo. Viver uma situação que você escolheu, mas que a experiência não está sendo tão boa e quer mudar, mudar pra tentar de novo, colocar em pratica aquela resiliência que você sabe que tem, mas o peso do medo agora fala mais alto.

WC_Blog46

Ter medo é uma situação comum para muitos, que se retraem, não enfrentam a situação, preferem se acomodar e esperar o que irá acontecer ou que no meu caso, gera uma coragem danada e acaba tornando a vida mais intensa. Com estes dois sentimentos juntos, consegui conquistar muita coisa em minha vida pessoal e profissional, mas me perdi algumas vezes, por não ser uma pessoa tão estratégica talvez, ou por simplesmente acreditar no que o meu coração estava “falando” em uma situação, ahhhh e como sigo meu coração! Mesmo que quebrando a minha cara algumas vezes, a frustração faz parte do aprendizado.

Mas deixando a conversa mole de lado, a pergunta para minha autoanalise tem sido: o dadoque você tem feito pra mudar uma situação que não está a seu favor? Tem se atualizado? Corre atrás? Já estudou que ferramentas usar? Tem dado o seu melhor? Meu Deus! São tantas perguntas que poderíamos ficar horas aqui não é? Mas tenho certeza que você sabe onde está sua falha, sabe o que precisa mudar para conseguir, assim como eu sei! Mas deixa eu te contar uma coisa: nem tudo na vida depende só de você, porém saber o que se quer nessa hora é muito importante, para que todo o seu esforço não seja em vão. Ah, e tudo bem se você mudar de ideia no meio do caminho ou ser obrigado a fazer isso para melhorar algum aspecto na sua vida, mas lembre-se; o medo será seu parceiro e ele pode te dar aquele “empurrão” que irá te fazer até tropeçar de tão forte ou te prender, te deixar inerte e apenas te colocar como espectador da vida dos outros.

 

Um dia destes, tive que carregar um sofá da garagem do meu condomínio até meu apartamento com meu marido. Uma vizinha que viu a situação falou: é guerreira! Pode ter certeza que não é isso, eu apenas estava fazendo o que precisava ser feito, pois não queria incomodar ninguém em pleno sábado na hora do almoço. Por tanto, faça o que precisa ser feito, mas faça hoje! Mesmo que com medo. Já me arrependi de não ter feito algo por medo, poucas vezes, mas o sentimento de dúvida depois é bem mais incomodo pra mim.

Nossa! A Raquel hoje tá toda psicóloga 😀 rsrsrs Só quis compartilhar com vocês, porque sei que olhar para vida de outras pessoas e admirar uma situação ou conquista é muito fácil, mas ninguém sabe o que aquela pessoa viveu ou vive para conseguir ou manter o que conquistou, os medos, as escolhas que teve que fazer… Muitas vezes temos pessoas tão próximas e não conhecemos suas necessidades ou que momento estão vivendo. Cuide da sua vida sem se espelhar na dos outros e, faça a sua parte!

Prometo que posto a resenha, mas por hoje quero deixar a mensagem:

vai-e-se-der-medo-vai-com-medo-mesmo

Um grande beijo,

Raquel

 

Anúncios

Mudanças

Olá pessoal!

Mil desculpas por ter ficado este tempo ausente, mas tantas coisas aconteceram inesperadamente, as mudanças me pegaram de surpresa e o tempo acabou ficando curto e o cansaço me vencendo.

Mas durante este período aconteceu o que eu mais precisava, precisei ter muita calma, paciência e cautela. Mudanças na maioria das vezes chegam com resistências, a não aceitação para muita coisa, coisas que não gostamos, mas que por necessidade precisamos enfrentar.

Viver

Tomar uma decisão difícil em um curto espaço de tempo, não é nada fácil. Estava em uma empresa a quase 3 anos, e em meio a uma crise econômica e uma obra em fase de acabamento, recebi uma proposta e tive de decidir no mesmo dia: permaneço no comodismo ou arrisco? Quem me acompanha por aqui já sabe, arrisquei né! Antes me arrepender de algo que fiz, do que ficar pensando se teria dado certo.

livre-escolha

Mudança total, pessoas novas, boas e ruins: pois isso, infelizmente, temos em todo lugar! Novo ambiente… Algo que realmente não havia planejado, mas eu creio que Deus em sua infinita sabedoria, faz as coisas acontecerem no momento em que mais precisamos.

Eu não quero entrar em muitos detalhes, mas estava passando por uma situação muito difícil em minha casa, e esta nova situação veio para me ajudar, e me ajudar muito. Principalmente por nunca ter passado por algo parecido, uma experiência mais que nova, e que se não der certo, ao menos terei uma boa história pra contar.

Estava perdida, e já havia entregue a situação nas mãos da única pessoa que podia me ajudar, Deus. Parei de agir e de tentar inventar modos para resolução, pois em alguns momentos, esqueço que sou humana e não consigo resolver tudo. E foi quando mais me senti impotente que lembrei do Deus que guia a minha vida, foi neste momento, que pensei: que diminua “eu” pra que tu cresças Senhor. Eu nunca me questionei se o que eu estava vivendo era da vontade dele, porque era a minha vontade, e era ai que estava me perdendo.

fe

Galerinha, às vezes precisamos lembrar que não temos o mundo nas mãos, que o dinheiro não compra tudo e padecemos por pura falta de fé. Vejo todos os dias pessoas com muito poder aquisitivo impotentes, por não poder comprar a cura para uma doença por exemplo. Depois deste episódio que aconteceu comigo, tive a certeza, e seja lá qual for a sua crença, que quando algo tem que acontecer em nossa vida, seja bom ou ruim, isso simplesmente vai acontecer. E só cabe a nós termos uma visão positiva de tudo, pois a mudança do ruim para o bom e vice versa, acontece sem nem esperarmos, mas aprender com ambas situações é o melhor que podemos fazer e manter a fé irá nos manter firmes para qualquer que seja o resultado.

É quando deixamos o nosso “eu” que a nossa vida reage a nosso favor, e começam as mudanças.

“Pois, se o nosso coração nos condena, sabemos que Deus é maior do que o nosso coração e conhece tudo” (1Jo 3.20).

Deixe Deus mudar!

Um super beijo,

Raquel

Amor animal

Olá pessoal!

Hoje vou falar com vocês sobre o meu amor pelos bichos. Seres que na minha opinião, possuem a essência do amor de Deus por nós, e que só por este motivo não sabem falar. Quem nunca olhou nos olhos de um cachorro e pode não só ver, mais sentir o mais sincero dos sentimentos?

seu olhar

Bom, eu já pude ver algumas vezes, principalmente o de gratidão, pois jamais conseguirei ficar indiferente ao ver um filhote machucado, tentando se deliciar com um guardanapo de papel usado na rua (Neguinha), ou outro com um profundo corte em seu pescoço, desfalecer aos meus pés de tão desnutrido que estava (Jubileu)… Tenho mais alguns casos pra contar, mas o que eu fiz nestes 2? Levei para minha pequena casa, cuidei e doei, pois infelizmente ainda moro em casa alugada e não tenho quintal. Levaria todos os que visse, mas hoje, este é o meu maior impedimento “a casa”.

Meu maior sonho, é um dia ter um lindo sitio, e poder dar um lar e carinho a todos os bichinhos abandonados que encontrar.

Vira lata

Mesmo morando em casa pequena, sempre tive 2 cachorros de porte pequeno à médio. A cerca de 2 anos tinha a Mila (retirada de um abrigo, com infecção nas 2 orelhas, surda tadinha, sem pelos e muito assustada) descobrimos depois de um longo tratamento que era uma poodle branca e o Tobi  (abandonado em um quintal, filhote) pooble preto, o cachorro mais inteligente e carinhoso que já tive. Infelizmente eles morreram de velhinhos, a Mila já era idosa, mas ela ficou conosco por 6 lindos anos, era um amor! O Tobi ficou conosco mais de 11 anos e continua a fazer muita falta.

Não morra nunca

Hoje tenho a Nani, que ganhei de um vizinho que ficou com dó de mim após a perda da minha gatinha Nina (também resgatada com fêmur quebrado), e o Pepito, que ainda chamo de Tobi às vezes. Destrói tudo que vê pela frente, mas é simplesmente lindo. Minha mãe junto com minha tia, o resgatou do fundo de um quintal com os irmãozinhos, fiquei com ele e os outros conseguimos doar. São minhas alegrias! Vai lá no meu Instagram, dá uma olhada nas fotos 😉

Gente, este post ficaria imenso se fosse contar todas as minhas histórias, mas tudo isso é apenas para pedir encarecidamente que: reflita muito antes de ter um bichinho!

Infelizmente, mesmo com a evolução das leis a favor dos animais, ainda temos um número gigante de abandonos em
nosso país, em especial de animais domésticos, e o que isso gera? Superpopulação das ruas com gatos e cachorros doentes.

Vou ficar com vcAntes de dar aquele cachorrinho lindo de presente para seu filho(a), que você pagará R$2.000,00 ou mais, lembre-se que:

– A origem do criador é muito importante, para evitar a exploração das fêmeas;

– Existem muito cachorros e gatos castrados e vermifugados para adoção responsável;

– Seu filho é uma criança/adolescente, 90% do tempo é você quem cuidará do animal;

– Ele tem vida: faz cocô, xixi, precisa comer, passear, tomar vacinas e banhos regulares. Isto demanda tempo e o mínimo de recurso financeiro;

E o principal: ele ficará no mínimo 10 anos em sua casa. Isso para gatos e cachorros. Tenha noção, que você será responsável por esta vida neste período.

Importante: Castre! Não dê hormônios injetáveis, eles favorecem o aparecimento de nódulos e tumores. A castração também traz outros benefícios alem do controle da natalidade:

beneficios da castração

Se puder, ajude uma ONG, com um simples saco de ração, mas antes pesquise, pois até nisso existem pessoas tirando proveito. Dê água a um animal de rua. Você vive sem comer, mas vive sem beber água?

Deixo os links de instituições sérias, que confio e quando posso ajudo:

Instituto Luisa Mell

Wilson Protetor – RJ

Ajuda Animal – Oscip

Brigo por qualquer animal, a ponto de arrancar chicote da mão de carroceiro e sei que o ser “humano”, ainda precisa aprender a respeitar ele próprio, para desta forma respeitar mais os animais.

Eu estou fazendo a minha parte, e você? Conto com sua ajuda!

Você tem um bichinho? Deixe aqui nos comentários, vou adorar saber!

Um super beijo,

Raquel